Now Reading
1978 Lyrics – ED MOTTA

1978 Lyrics – ED MOTTA

Watch Ed Motta 1978 video

Na madrugada acordou
O fuso enganou
Sem pensar
Foi pro elevador
Nem se abalou
Não virou
Pra moça do bar
Olhar
A capital despertou
Pro hotel então voltou

Eram dez
Quando telefonou
Pediu café
Leu em pé
O velho jornal
Local

Está sempre só
Não sente falta
Está sempre só
Da sombra não se separa
Está sempre só…

No táxi, o frio deixou
O calor do motor
Esquentar
O seu rosto sem cor
Seco demais
De um lugar
Distante pra se
Lembrar

Na areia gasta do mar
No cinza do olhar

Relembrou
Era setenta e oito
Livre afinal
Sentiu ser
Seu próprio prazer
Mudou

Já estava só
Não se importava
Já estava só
Sua estrada fôra traçada
Já estava só

See Also
Watch Smokie Fistful Of Dollars video

Está sempre só
Não sente falta
Está sempre só
Da sombra não se separa
Está sempre só…

Na areia gasta do mar
No cinza do olhar
Relembrou
Era setenta e oito
Livre afinal
Sentiu ser
Seu próprio prazer
Sem ser formal
E nem sentimental

Livre afinal

check amazon for 1978 mp3 download
these lyrics are submitted by itunes3
browse other artists under E:E2E3E4E5E6

What's Your Reaction?
Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0
View Comments (0)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

© 2019 Issue Magazine Wordpress Theme. All Rights Reserved.

Scroll To Top